Universidade de Macau, Camões I.P. e Instituto Português do Oriente assinam acordo de colaboração em investigação da língua portuguesa na Ásia-Pacífico

23 Jan 2020


UM, Camões Institute, and IPOR sign a collaboration agreement

A Universidade de Macau (UM), o Camões I.P. e o IPOR assinaram, no dia 21 de Janeiro, o Protocolo de Cooperação que visa facilitar intercâmbio cultural, impulsionar investigação científica e partilha de resultados, e optimizar o ensino da língua portuguesa na China Interior e na região Ásia-Pacífico, especialmente na Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau.
O Protocolo de cooperação foi assinado pelo Professor Rui Martins, Vice-Reitor (Assuntos Globais) da Universidade de Macau, pelo Doutor João Neves, Vogal do Camões I.P. e pelo Doutor Joaquim Ramos, Director do IPOR. Na cerimónia, o Professor Rui Martins disse que a assinatura do Protocolo é um marco importante e que o mesmo promoverá ainda mais a cooperação e o intercâmbio das três instituições. Destacou ainda que, devido à crescente procura pela aprendizagem da língua portuguesa na região da Ásia-Pacífico, o Centro de Ensino e Formação Bilingue Chinês-Português da UM desempenhará um importante papel nesta cooperação. O Doutor João Neves mencionou que a assinatura do Protocolo aprofundará a cooperação tripartite, o que favorecerá a realização do objetivo comum de promover a língua portuguesa. O Doutor Joaquim Ramos referiu que se trata de uma oportunidade valiosa de colaboração entre instituições promotoras da língua portuguesa, e que se deve aproveitar este Protocolo para fortalecer a atividade nesta área.

A group photo

Respondendo ao desenvolvimento da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau e a fim de contribuir para a consolidação do papel de Macau como “plataforma de serviço para a cooperação de negócios entre a China e os países de língua portuguesa”, a Universidade de Macau tem-se comprometido a formar talentos bilingues Chinês-Português. Através do seu Centro de Ensino e Formação Bilingue Chinês-Português promove ativamente a reforma do ensino da língua portuguesa. Esta incidirá na formação de professores e tradutores de alta qualidade e profissionalismo, visando contribuir para o papel de “Uma Plataforma” da RAEM. A colaboração prevê a realização de vários eventos, incluindo cursos curriculares ou extracurriculares, desenvolvimento de projetos de investigação conjuntos, produção de materiais didáticos, organização de seminários, simpósios, colóquios e outras atividades de caráter científico, dinamização de iniciativas dirigidas à tradução e edição de obras literárias, entre as quais se destaca um Concurso de Tradução Chinês-Português para Jovens que será coorganizado pelo Centro de Ensino e Formação Bilingue Chinês-Português (CPC) do Departamento de Português da UM e pelo IPOR.
Para mais informações, ligue para +853 8822 4532 ou escreva para BilingualCentre@um.edu.mo.